fim-de-semana-portugal

  Para quem quer viajar mais, 2017 vai ser um ano bem simpático. Porquê? Simples: vamos ter 5 hipóteses de fim-de-semana prolongado, com vários feriados a calhar a segundas e sextas – vejam aqui. Viajar pelo nosso país é uma forma de, sem grandes despesas ou nervosismos de viagens grandes, aproveitarmos para conhecermos mais – mais paisagens, mais monumentos, mais (da nossa) história. Seja para um passeio romântico a dois ou um divertido fim-de-semana em família, com um país tão belo e de paisagens tão diversificadas, o difícil é escolher. Como quero que aproveitem todas estas oportunidades ao máximo, deixo-vos 5 sugestões para uma escapadinha de fim-de-semana em Portugal, alguns sítios onde podem passar uns dois ou três dias e transformá-los em momentos especiais.

 

1. Vila de Óbidos

fim-de-semana-portugal

  Óbidos é um dos destinos mais românticos de Portugal – e, mesmo assim, um sítio ideal para famílias. A pouco tempo de Lisboa, esta vila medieval faz-nos recuar no tempo e deixa-nos inevitavelmente encantados. Entrar pela porta da vila, onde quase sempre encontramos um músico e podemos apreciar fantásticos painéis de azulejos; passear pelas ruas e subir às muralhas para admirar a vista; conhecer as suas espectaculares livrarias – como a Livraria Santiago e a Livraria do Mercado – são apenas algumas das coisas que poderão fazer por lá. O castelo e os seus arredores dão um passeio bem agradável que não leva mais do que um dia.  Ainda assim, aconselho-vos vivamente a dormirem por lá, seja na charmosa vila intra-muralhas ou nos seus arredores imediatos.

Onde dormir em Óbidos: eu fiquei na Casa do Relógio, um sítio bem agradável, junto às muralhas da vila e que aconselho vivamente. [Faz a tua próxima reserva aqui e apoia o blog, sem gastares mais! Sabe mais AQUI]

Sugestão: Se vieres de Lisboa, aproveita para parar no Buddha Eden – um jardim maravilhoso! -, no Bombarral, que fica a caminho.

 

2. Sintra

  Sintra, lugar encantador e de um misticismo inigualável, ocupa-nos um fim-de-semana completo. Em menos de dois dias é impossível conhecer todos os seus recantos e lugares maravilhosos – cá pelo blog já partilhei alguns dos meus favoritos (e menos falados), que podem conhecer aqui-. O Palácio da Pena, o Castelo dos Mouros, o Convento dos Capuchos, a Quinta da Regaleira, o Palácio de Monserrate e, claro, a vila e o Palácio Nacional são paragens obrigatórias. E é um destino para famílias e casais, um destino para conhecer e voltar, porque é impossível ficar farto da sua serra, dos seus monumentos e das suas paisagens.

Onde dormir em Sintra: Quando estive emaSintra fiquei no fabuloso Hotel Sintra Jardim. No entanto, existem muitas outras hipóteses em Sintra [ver mais opções de alojamento em Sintra], de entre as quais destaco o Moon Hill Hostel e o Nice Way Sintra, ambos lindos de morrer!

Sugestão: apanha um comboio na estação do Rossio até Sintra e, na vila, encontra os autocarros hop-on/hop-off da Scotturb no centro da vila, junto ao Palácio Nacional.

 

3. Serra da Estrela

fim-de-semana-portugal

  Quem disse que só vale a pena ir à Serra da Estrela quando há neve? Ainda que o manto branco que cobre a serra nos primeiros meses do ano seja o sonho de qualquer criança (e graúdo!), qualquer momento do ano é ideal para conhecer a zona. Seja para caminhar pela Serra, ou para conhecer as belas Aldeias Históricas que a circundam, como Piódão, Sortelha ou Belmonte, muito se pode fazer nos meses do ano em que a neve não cobre o topo da Serra. Se conseguirem em em pleno Inverno, então não deixem de ver este pequeno roteiro que vos dei neste post.

Onde ficar na Serra da Estrela: quando lá vou, fico na Pousada da Juventude das Penhas da Saúde, que é bastante em conta, oferece um pequeno almoço super completo, tem quartos confortáveis e uma cozinha excelente para quem quer poupar na alimentação. Se forem num grupo maior ou quiserem ficar por mais tempo e mais confortáveis, aconselho os Chalés da Montanha, que são umas casinhas super amorosas com tudo o que podem precisar.

 

4. Porto e Vale do Douro

fi~m-de-semana-portugal

  Esta Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta Cidade está – eu que o diga – cada vez mais bela. O Porto mudou tanto nos últimos anos que me surpreende a mim, que passei lá parte da vida. Agora até eu não consigo evitar «turistar» um pouco quando lá vou. Passear pela Baixa sem esquecer o Bulhão e a Rua de Santa Catarina, conhecer a Muralha Fernandina, descer até à Ribeira, passar a Ponte D. Luís a pé, visitar os jardins do Palácio de Cristal ou ir até Serralves, são algumas das coisas obrigatórias a fazer. Havendo tempo, não se pode dispensar um pequeno cruzeiro pelo Douro ou uma viagem pelo seu Comboio Histórico, para apreciar a exuberante beleza da sua paisagem natural e socalcos de vinhas a perder de vista.

Onde ficar no Porto: dois dos sítios mais espectaculares e bem localizados para ficar são o Oporto City Hostel e o Oporto House. Mas existem várias opções de alojamento no Porto, para todos os gostos!

 

5. Vale do Côa

fim-de-semana-portugal

   O Vale do Côa (fotografia daqui), a famosa zona cujos vestígios da Pré-História – as gravuras rupestres – estão classificados como Património da Humanidade pela UNESCO merecem uma visita pelo menos uma vez na vida. O Parque Arqueológico do Vale do Côa pode ser ser visitado com um guia especializado, pelo que é necessário fazer uma marcação antecipada. São cerca de 30km de vestígios antigos ao longo do rio Côa, que podemos compreender com a exposição do Museu do Côa, onde encontramos reproduções de gravuras e os vestígios da ocupação do Paleolítico. No Museu podem também encontrar oficinas de arqueologia experimental – como talhe de pedra e produção de gravuras em xisto – e marcar visitas nocturnas, para uma experiência diferente. A visita vale também pela vista que, como seria espectável, é deslumbrante.

Onde ficar em Vila Nova de Foz Côa: aqui são poucos os sítios, mas pelo seu conforto e esplêndida vista merecem uma estadia de pelo menos uma noite. Vejam todas as opções de alojamento aqui.

 


 
QUERES VIAJAR MAIS?
  Subscreve AQUI a newsletter do blog para receberes todos os conteúdos exclusivos, dicas e sugestões para viajares mais, gastando menos!
 
PLANEIA AQUI A TUA PRÓXIMA VIAGEM !
  Vais viajar? Se fizeres as tuas reservas através dos links dos posts aqui no blog vais contribuir para o crescimento do Aonde (não) estou, sem gastares nem mais um cêntimo por isso. Faz a tua reserva pelo BOOKING – site que utilizo há anos e te garante o melhor preço possível -, ou pelo AIRBNB – e ganha 30€ para a tua primeira viagem.